Falsidade Particular?

Hoje acordei com uma sensação estranha, escutando muitas vozes... E ainda em casa, tomando o meu copo de leite desnatado, que na correria havia comprado por engano, na verdade tinha saído pra comprar refrigerante...
Ao escutar a campainha tocar, fui atender e era minha vizinha que veio me entregar uma encomenda que haviam deixado para mim, enquanto ela me falava, escutava outra voz como se outra pessoa estivesse falando comigo além dela, estranho... Quieto e atento à outra voz, percebi então que estava escutando o pensamento dela...
Como já sabemos o quanto às pessoas são falsas, nem precisaria dizer que o que ela falava não era o que de fato pensava.
Curioso, sair para saber se conseguia escutar o pensamento de todas as pessoas, e sim, escutava.
Mas esse foi o problema, isso ocasionou o meu óbito, não agüentei conviver com isso, pois eu acreditava nas pessoas, acreditava nos seres humanos... Eu acreditava em Você! Você mesmo que adora fingir ser a droga que é! A falsidade que vê nas outras pessoas é a mesma que se esforça para não ficar exposta em Você.
Mas compreendo-lhe, pois a falsidade é a primeira necessidade para podermos nos relacionar melhor socialmente, fingimos que está tudo bem, mesmo quando as coisas estão uma merda.
Precisamos disso, então obrigado por ser falso!
Rui Barbosa, o grande jurista brasileiro, afirmou certa vez, dentre outras coisas, que de tanto ver triunfar a mentira e a falsidade, tinha até vergonha de ser honesto.


Por Bhrunno Bianchi