Elemento Inicial

Tudo começa com um simples e pretensioso olhar...
Algumas trocas de olhares, charminhos onde surge o interesse.
Sempre o interesse, uma troca de olhar, apenas uma troca de olhar, e tudo começa ou termina...
Tem pessoas que enganam a si mesmo, por fingirem ver certas coisas...
Outras que vêem coisas demais, coisas que não deveriam ver...
Há pessoas que por alguns instantes se tornam a mais importante para os nossos olhos.
E quando estamos pronto para ter outro diálogo...
Despretensiosos olhares, inocentes, chamativos, insignificantes, indescritíveis, tristes, felizes, mentirosos, misterioso...
Admiramos tudo aquilo que no fundo no fundo queremos, mas não que precisamos...
Começou assim, mas como disse da mesma forma que começa, pode começar...

Por Bhrunno Bianchi