29 Horas e Alguns Minutos

Se estamos desesperançosos o destino toma as rédeas das situações e nos mostra a sua força e o quanto alguns momentos são maravilhosos e inesquesíveis, e coloca-nos diante das pessoas certas...
Um abraço de boas vindas a um beijo de despedida, horas de completa felicidade e prazer, com a pessoa que é inocentimente deliciosa em todos os sentidos... De uma gargalhada a um sorriso safado, de uma simples passada de mão no cabelo a um olhar penetrante que por um momento torna-se bobo, e demonstra que está totalmente envolvida, e ao receber aquele olhar, por segundos desliga-se somente para agradecer por ter tido a oportunidade e uma sensação que poderia ser descrita como se estivesse visto a felicidade sair pelos olhos dela e ter inundado os seus com lágrimas... Uma experiência jamais vivida... E nos momentos finais, a única coisa que ficou depois da despedida, foi um aperto no peito e um pensamento questionável, Quando vai ser a próxima vez?


Por Bhrunno Bianchi